Com quem você anda convivendo?

Positive Vibe

Ciao a tutti!

Você já parou para pensar como são as pessoas que te cercam?

Antes de prosseguir nesse post pare e pense sobre elas:

  • Elas te inspiram?
  • Elas te animam?
  • Elas possuem uma palavra de carinho?
  • Elas lutam pelos seus próprios objetivos?
  • Elas se alegram com suas conquistas?
  • Elas te apoiam em suas novas aventuras?
  • Elas possuem sonhos?
  • Elas são curiosas e gostam de aprender coisas novas?
  • Elas estão te impulsionando a ir mais longe?

Se você respondeu SIM em todas as perguntas: você está em ÓTIMA companhia!

Se você respondeu SIM de 5 a 8 perguntas: é, você tem bons amigos! 

Agora, se você respondeu SIM de 1 a 4 perguntas: talvez seja hora de repensar em como essas companhias influenciam você

Em caso de nenhum sim: FUJA!

Agora voltando para o post quero te dizer que aquela frase que sua avó ou alguém mais velho já disse (pelo menos uma vez na vida) para você: “Diga-me com quem andas que te direi quem és!” – É VERDADEIRA!

Aliás, se procurarmos na bíblia vamos encontrar o seguinte versículo sobre o tema em Provérbios 13.20 “Quem anda com os sábios será sábio; mas o companheiro dos tolos sofre aflição”

Por isso é tão importante sabermos com quem andamos, já que de acordo com Jim Rohn (que foi empreendedor, escritor e palestrante americano) somos a média das 5 pessoas com quem mais passamos o nosso tempo.

Fato é: somos influenciados pelas pessoas e somos capazes de influenciá-las!

O ambiente em que vivemos – mais especificamente – as pessoas que estão inseridas nesse ambiente tem ligação quase que direta com a pessoa não que somos e, sim, aquela que nos tornamos. Visto isso, essas pessoas tem ligação direta com os resultados que alcançamos e consequentemente com a realização (ou não) de nossos objetivos.

Isso não quer dizer, que você deva ignorar e/ou se afastar por completo de algum familiar (por exemplo) que seja o tipo de pessoa negativa ou que esteja desalinhada com o seu mindset, só não busque encorajamento, ou até mesmo, inspiração nessas pessoas. Mas por que, então, não ser você a peça influenciadora e encorajadora dessa pessoa?

Temos alguns neurônios conhecidos como: neurônios espelhos. E, são eles os responsáveis tanto para nos dar aquela vontade de bocejar quando alguém boceja por perto como nos espelhar e copiar as ações de quem está a nossa volta!

Quando conversamos com uma pessoa altamente positiva, cheia de energia, alegre, motivada somos contagiados com essa energia positiva.

O inverso, é real, perto de pessoas negativas, que vivem reclamando, que são preguiçosas, só veem defeitos em tudo também nos contagiamos, só que agora, negativamente e, acabamos, por tornar pessoas desmotivadas e até mesmo estagnadas.

Quer ter sucesso, em alguma área, perceba que tipo de pessoa cerca quem já obtive sucesso nessa área em questão, e se inspire!!

Fuja de pessoas tóxicas! Seja um agente influenciador positivo! Admire quem te rodeia! E, claro, seja feliz e realizado!

Baci 😘

Edit